Nós e a Água

 

Desde os tempos mais antigos que a água tem assumido um papel fundamental no desenvolvimento das civilizações. Ao observarmos um mapa geográfico, verificamos que a maior parte dos grandes centros urbanos se localizam nas proximidades dos mares e cursos de água.
Na sociedade moderna, a importância da água é de tal forma relevante, que a gestão e preservação deste recurso é preocupação constante de governos e organizações internacionais, como por exemplo: Conselho da Europa, que em Maio de 1968, proclamou a Carta Europeia da Água.

 

Carta Europeia da Água


A nível mundial o consumo de água não é linear, este varia consideravelmente de continente para continente, assim como de região para região. Numa perspectiva geral a água é usada pelo Homem em três grandes grupos: agricultura, indústria e consumo doméstico. Sendo que, a maior quantidade de água é usada na agricultura, seguindo-se a indústria e por fim o consumo doméstico.
No consumo doméstico, a maior quantidade de água utilizada é no WC seguida da higiene pessoal.

 

Consumo urbano de água

urbano

 

 41% WC
 37% Higiene Pessoal
 6% Lavar Loiça / Preparar Alimentos
 5% Beber
 4% Lavar Roupa
 3% Rega (jardim)
 3% Limpezas (chão)
 1% Lavagem Automóveis

III Mercado Biológico
Local: Jardim da Alameda
Público-Alvo: Comunidade
Organização: Fagar e In Loco
+inf. (link ao calendário dia do evento)


Apesar das inúmeras campanhas de sensibilização levadas a cabo por diversas entidades públicas e privadas, ainda se verifica uma gestão hídrica inadequada à disponibilidade cada vez menor deste recurso.


Ciclo Urbano da Água

Atualmente é impensável o consumo direto de água do meio natural sem prévio tratamento. De forma a assegurar a melhor qualidade da água, esta percorre diversas fases distintas até chegar às nossas torneiras – Ciclo Urbano da Água.


Define-se Ciclo Urbano da Água, pelo percurso que a água percorre, desde a sua captação até ao seu retorno à Natureza, depois de usada pelo Homem. Este Ciclo decorre entre a fase de precipitação e a fase de evaporação do Ciclo da Água e possui as seguintes fases:

  • A água das chuvas e dos rios é armazenada em barragens. No caso do concelho de Faro a zona de armazenamento é na barragem do Odeleite.
  • Segue-se a sua captação, a água é conduzida a uma ETA (Estação de Tratamento de Águas), onde é tratada através de diversos processos (físicos e químicos) de forma a garantir a sua qualidade para consumo humano. O conselho de Faro recebe a água tratada na ETA de Tavira.
  • Após o tratamento efetuado na ETA, a água chega a nossas casas, atravessando condutas e/ou estações elevatórias e os reservatórios municipais, onde finalmente chega às nossas torneiras. Este percurso no concelho de Faro é da responsabilidade da FAGAR.
  • Depois de usada nos mais diversos tipos de consumo, a água volta a ser tratada numa ETAR (Estação de Tratamento de Águas Residuais). Na ETAR a água passa novamente por diversos tipos de tratamento, garantindo que ao retornar ao meio natural não provocará qualquer dano. Devido à qualidade de tratamento utilizado na ETAR, esta água pode também ser reutilizada para a rega, lavagem de ruas e automóveis. É a ETAR Faro Noroeste que serve o nosso concelho.
 
<<  Agosto 2017  >>
 Seg  Ter  Qua  Qui  Sex  Sáb  Dom 
   1  2  3  4  5  6
  7  8  910111213
14151617181920
212223242627
283031